domingo, 9 de janeiro de 2011

TFP e Maçonaria

Sérgio de Vasconcellos.

O nada saudoso "Prof." Orlando Fedeli - que a terra lhe seja bem pesada! - costumava apontar supostas ligações entre a TFP e a maçonaria. Sinceramente, nunca levei tais acusações em consideração por provirem de quem provinham... O "Prof." Fé dele... , digo, Fedeli, nunca se recompôs do choque de não ser o sucessor do "Dr."Plínio Correia de Oliveira, tendo se retirado da TFP, após 30  anos, dizendo tudo o que podia contra aquela organização. Assim, por julgar que a acusação do Fedeli era fruto de ressentimento, rancor e inveja, jamais dei crédito a mesma.Todavia, estou começando a suspeitar que o negregado Fedeli talvez estivesse certo.

É fato que a nefanda TFP - organização política  que se apresenta como religiosa, e que se diz tradicionalista, mas, que defende o liberalismo econômico (capitalismo) de forma intransigente -, não perde oportunidade de atacar o Integralismo e seu fundador, Plínio Salgado. Os tfpistas fogem do Integralismo como o diabo da Cruz.

No entanto, recentemente, viu-se o notório maçon, o "Comendador" Antonyo da Cruz, Presidente do Instituto Brasil Imperial - IBI - ser tratado com toda a pompa e circunstância em importante encontro monarquista, no Rio de Janeiro, chegando mesmo a dividir a Mesa de direção dos trabalhos, sentando-se a direita de S.A.I. e R. D. Bertrand de Orléans e Bragança! Não é curioso que o Ilustre Príncipe, que nutre profunda ojeriza pelos Integralistas, se sinta tão a vontade na companhia de um maçon?!

Não é de hoje que o movimento monárquico está infiltrado e minado pela maçonaria, mas, não atinávamos até que ponto chegava tal influência.

Aos que desejarem comprovar a vizinhança amistosa, visitem o "link" da Foto da Mesa.

Lamentável!

15 comentários:

iojr disse...

D. Pedro I entrou para a maçonaria num dia, no outro já era grão mestre do 33 grau, um mes após proibiu a maçonaria no Brasil. Porque será?
Bando de parasitas e oportunistas, máfia, isso é a maçonaria.

Sérgio de Vasconcellos disse...

Gustavo Barroso narra, com base em documentação sólida, toda esta meteórica participação de D. Pedro I na maçonaria e no Apostolado.
Anauê!

Rogerio disse...

Dom Pedro eram maçon e perseguiu Dom Vital.

Anônimo disse...

Em São Paulo os monarquistas são na maioria maçons e praticamente todos, inclui os católicos tradicionalistas (Lindenberg), defensores do liberalismo.

O Monarquia21 já não esconde o laicismo.

Anônimo disse...

Dom Bertrand recebeu a medalha do Instituto Brasil Imperial.

veja na Gazeta Imperial.

Sérgio de Vasconcellos disse...

Rogério.
Dom Pedro II nunca foi maçon. E a Questão Religiosa é um bom exemplo de como um governante não deve subestimar as maquinações maçônicas.
Anauê!

Bruno disse...

Putz, o cara diz que o príncipe Dom Bertrand sentou-se ao lado de um suposto maçom e já diz que a TFP é amiga da maçonaria. Hahahahahaha. O país está afundado no abismo moral, político e econômico e tudo que o rapaz consegue produzir é fofoca da revista Tititi. Santa Mediocridade, Batman. Produza algo substantivo para angariar pessoas de bem que possam fazer algo pelo país, meu caro. De fofoca, já bastam as novelas da Globo. Em vez de vôo de águia, o cara faz um artigo similar a um vôo de codorna...

Anônimo disse...

Você deduz dessa participação de d. Bertrand e eventual convívio com um maçom na mesma mesa, um irrefutável argumento que prova que a TFP tem ligações com a maçonaria?
D. Bertrand, como representante que era da família real no evento, deveria realmente dividir espaço com ele. Poderia ser até um ateu.
A condição de príncipe exige isso dele. Não reproduza leviandades, meu filho.

Anônimo disse...

Nestes dias em que até os Papas trocam afagos com representantes de doutrinas radicalmente contrárias ao catolicismo, não é temerário desconfiar de ligações das mais insólitas e cascudas.

Sérgio de Vasconcellos disse...

Srs.
S.A.I.R. Dom Bertrand de Orléans e Bragança não sentou ao lado de um suposto maçon, mas, de um maçon praticante e que lidera uma importante organização Monarquista, que inclusive está criando um Partido! Se não estão informados, então, deveriam calar a boca. A prova irrefutável de que D. Bertrand - consciente ou inconscientemente - está acumpliciado a forças anti-Brasil é sua adesão a negregada a TFP e sua completa aversão ao Integralismo. Jamais se verá Dom Bertrand sentado ao lado de um Integralista, mas, de maçons, ele parece gostar muito da companhia... Anauê!

Silvana Cabello disse...

Faz todo o sentido do mundo a turma do sr. Plínio serem maçons, estão muito atuantes no Brasil e como sempre infiltradíssimos na Igreja Católica para implodi-lá...

Anônimo disse...

Olá senhores!
Integralistas, Monarquistas, Católicos, Evangélicos, Republicanos, Judeus, Separatistas ou outros quaisquer, desde que, corretos e respeitosos da Lei, como acredito que a maioria absoluta o são, devem ser respeitados, pois estes tem família, trabalham e produzem. Senhores ataquem vagabundos que estão à margem da Lei, briguem e enfrentem traficantes, agiotas, devassos e principalmente os políticos sem vergonha". Terão muito mais o que fazer, do que atacar os homens que integram as organizações que mencionei.
Nosso país poderá ser, como todos os países são, quando deixam de lado mesquinharias e combatem o que é sujo e corrupto. Tenho certeza que os homens que participam dessas organizações não o são. Portanto, sejam e hajam com a razão, deixem as coisas do coração par o amor. Boa Tarde!

Sérgio de Vasconcellos disse...

Prezado Anônimo.
Para começar: Separatistas, por serem separatistas, não são respeitosos à Lei, pois, a Federação é cláusula pétrea da Constituição. Mesmo que não fosse inconstitucional, o separatismo é traição à Pátria pura e simplesmente, logo, não têm nada de correto. Quanto a TFP, evidentemente, o sr. não a conhece, portanto, perdeu uma boa oportunidade de ficar calado. Anauê!

Vinícius Soares Antunes disse...

Quem fundou a 1°Loja maçônica foi vc?
Desculpa.

Sérgio de Vasconcellos disse...

Prezado Vinícius Soares Antunes.
A maçonaria como a conhecemos tem cerca de trezentos anos, não sou tão velho assim...
Anauê!